Brasilidium forbesii

Brasilidium é mais um gênero polêmico, como ocorre com quase todas as plantas desmembradas do gênero Oncidium. Este fato já foi comentado anteriormente quando falei de gêneros como Alatiglossum, Baptistonia, Coppensia, entre outros.

E o principal problema está em uma desonesta briga entre taxonomistas brasileiros e ingleses. Obviamente respeito o conhecimento e a tradição da entidade Royal Horticultural Society (RHS), referência mundial no registro de plantas. Porém, em hipótese alguma podemos desmerecer os profundos conhecimentos de pesquisadores brasileiros, muito mais habituados ao convívio com os biomas brasileiros e ao estudo das orquídeas de nosso país.

Resultado de imagem para Royal Horticultural Society (RHS)

Royal Horticultural Society (RHS) – Logotipo

Imagem retirada da internet - Site:
http://prolandscapermagazine.com/rhs-garden-harlow-carr-whats-on-september-2015/

Em 2006 a RHS transferiu inúmeras plantas brasileiras do gênero Oncidium para o gênero Gomesa, não levando em consideração os aspectos morfológicos das plantas. Um grave erro.

Descontentes, renomados orquidólogos brasileiros como Vitorino Paiva Castro Neto, Marcos Antonio Campacci e Erwin Bohnke, resolveram criar uma nomenclatura diferente para estas plantas, e é esta linha que sigo e seguirei.

E, para quem gosta do assunto, reitero sugestão apresentada recentemente de aquisição do volume 5 da coleção “Orquídeas da Natureza– Coleção “Rubi”, da Editora Europa, cujo tema é justamente as plantas conhecidas como “chuva de ouro”. Aliás, recomendo toda a coleção. Livros de alta qualidade gráfica, com conteúdo espetacular sobre orquídeas e com preço muito acessível.

Agora a planta do dia, o Brasilidium forbesii, que considero uma das mais belas orquídeas da subtribo Oncidiinae.

O nome da espécie, forbesii, é uma homenagem a Mr. Forbes, coletor de orquídeas inglês do início do século XIX , que dedficou boa parte de sua vida à procura de novas espécies na América do Sul e no sudeste asiático.

Embora a cor predominante nas flores desta espécie seja o marrom, o Brasilidium forbesii é mais uma das tantas orquídeas conhecida como “chuva-de-ouro”.

Sinonímia: Anettea forbesii; Oncidium forbesii; Gomesa forbesii; Oncidium crispum var. forbesii; Oncidium cripum var. marginatum; Oncidium forbesii var. atratum; Oncidium forbesii var. borwickianum; Oncidium forbesii var. bradshawae; Oncidium forbesii var. castanea; Oncidium forbesii var. marginatum; Oncidium forbesii var. maximum; Oncidium forbesii var. measursianuim; Oncidium forbesii var. moortebeekiense; Oncidium forbesii  var. nigricans e Oncidium forbesii var. splendens.

Esta planta é originária da Mata Atlântica da região sudeste do Brasil, e pode ser encontrada vegetando de forma epífita fixada em árvores de matas quentes e úmidas, localizadas em altitudes que variam desde o nível do mar até 1200 metros.

Resultado de imagem para mata atlantica

Mata Atlântica

Foto retirada da internet - Site:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Atl%C3%A2ntica

Trata-se de uma planta de crescimento simpodial e médio porte. Possui rizoma curto e robusto com raízes velamentosas. Os pseudobulbos são cilíndricos e achatados lateralmente, inicialmente lisos e enrugados quando velhos. Normalmente são monofoliados, mas é comum encontrarmos bulbos com duas folhas. Estas são longas, estreitas, lanceoladas e coriáceas, podendo passar de 20cm de comprimento.

A inflorescência é muito chamativa. Da base do pseudobulbo emerge uma longa haste flexível e ramificada que pode chegar a um metro de comprimento, suportando dezenas de flores de aproximadamente 6cm de diâmetro. Pétalas mais largas do que as sépalas e um grande e ondulado labelo. Em toda a flor predomina a cor marrom castanho, com delicados e suaves desenhos em formato que lembra um marmoreado de cor amarelo intenso. Um espetáculo.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • Sugiro cultivar o Brasilidium forbesii fixado em troncos ou cascas de árvores, e com muitas raízes expostas. Esta planta precisa de grande aeração nas raízes.
  • Se sua opção for cultivo em vaso ou caixeta, então utilize um substrato confeccionado com partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal e pedra brita miúda.
  • Cuidado com água acumulada no fundo. O substrato deve ser arejado e drenar a água imediatamente.
  • Sugiro cultivo com 50 a 60% de sombreamento, e temperaturas entre 5 e 35 graus.

Floresce normalmente no começo do outono, e a floração dura entre 20 e 30 dias.

A seguir relaciono algumas fotos desta orquídea:

IMG_20170415_080345434

IMG_20170415_080355445

IMG_20170424_170517175

Plantas de minha coleção

Fotos:  Juan Pablo Heller

Resultado de imagem para brasilidium forbesii

Foto retirada da internet - Site:
http://picssr.com/photos/microorquideasrobertomartins/interesting/page38?nsid=61731084@N04

Resultado de imagem para brasilidium forbesii

Foto retirada da internet - Site:
http://www.orchidspecies.com/oncforbesii.htm

Resultado de imagem para brasilidium forbesii

Foto retirada da internet - Site:
http://bluenanta.com/natural/457698/species_detail/

Resultado de imagem para brasilidium forbesii

Foto retirada da internet - Site:
http://bluenanta.com/natural/457698/species_detail/

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Este blog é dedicado a pessoas que, como eu, amam e cultivam orquídeas. Meu objetivo com este trabalho é conhecer pessoas, divulgar e trocar informações sobre estas plantas.

É uma atividade amadora e sem fins lucrativos.

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

IMAGES: GOOGLE search

This blog is dedicated to people who, like me, love and cultivate orchids. My goal with this job is meeting people, disseminate and exchange information on these plants.

It’s a non-profit non-professional activity.

If you find any of your images in this blog, and want it to be removed, please send me an email that I’ll do it immediately. Thank you.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Brasilidium forbesii

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s