Hoffmannseggella milleri

 

A “orquídea vermelha das rochas

 

Hoffmannseggella é um gênero botânico pertencente à família Orchidaceae, estabelecido em 1968 pelo botânico inglês Henry Gordon Jones (1939 – 1987), com o objetivo de agrupar todas as plantas de hábito rupícola anteriormente subordinadas ao gênero Laelia.

Este gênero é composto por aproximadamente 50 espécies, todas brasileiras, e nativas principalmente de regiões rochosas e montanhosas de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e sul da Bahia.

Novamente estou falando de um grupo de orquídeas 100% brasileiras, mas batizado por estrangeiro, e com nome nada relacionado a nosso país. O nome deste gênero é uma homenagem de H. G. Jones a Johann Centurius von Hoffmannsegg (1766 / 1849), entomologista, botânico e ornitólogo alemão.

As flores das plantas deste gênero são maravilhosas. Formato estrelado e cores vibrantes como laranja, amarelo, vermelho, lilás e branco, salpicam de alegria as escaldantes rochas. Um show.

São plantas acostumadas a climas quentes durante o dia, com quedas bruscas de temperaturas durante o período da noite.

A planta do dia é a Hoffmannseggella milleri, a “orquídea vermelha das rochas” como é conhecida popularmente.

Em termos etimológicos, após longa, dedicada e minuciosa pesquisa, a única informação que consegui relaciona o nome desta espécie a um biólogo brasileiro de sobrenome Miller. Não sei seu nome completo, sua contribuição para a orquidologia e para botânica em geral. Agradeço se alguém tiver alguma informação e puder compartilhar.

Esta orquídea é originária do estado de Minas Gerais, onde vegeta sempre de forma rupícola, a pleno sol, e fixada em pequenas fissuras e fendas de rochas localizadas em campos rupestres ferruginosos, localizados em altitudes que variam de 800 e 1500 metros.

Esta planta já foi abundante na região conhecida como Quadrilátero Ferrífero (área vizinha a Belo Horizonte formada pelas cidades de Sabará, Rio Piracicaba, Congonhas, Casa Branca, Itaúna, Itabira, Nova Lima, Santa Bárbara, Mariana, Ouro Preto, entre outras). Porém, por sua cor vívida e chamativa, esta planta sempre foi alvo fácil para os “catadores” de orquídeas.

Resultado de imagem para Quadrilátero Ferrífero

Quadrilátero Ferrífero – MG

Mapa retirado da internet - Site:
http://geografiaviamundo.blogspot.com.br/2013/04/minerais-metalicos-no-brasil.html

 

Atualmente a Hoffmannseggella milleri está praticamente extinta na natureza, existindo apenas um pequeno e único ponto populacional conhecido, e localizado na Serra da Moeda.

Esta serra tem aproximadamente 1500 metros de altitude, e possui uma rampa natural que atrai pilotos de parapente e asa-delta de diversos lugares do mundo.

Trata-se de uma pequena cordilheira de aproximadamente 70km de extensão, e que recebeu este nome por passar pelo município de Moeda, na região metropolitana de Belo Horizonte. Historiadores creditam o nome desta cidade ao fato dessa região ter abrigado a primeira fábrica clandestina de dinheiro em nosso país, ainda nos tempos do Brasil colônia.

Resultado de imagem para município de Moeda minas gerais

Município de Moeda – MG

Foto retirada da internet - Site:
https://aldaalvesbarbosa.com/2015/04/20/visite-a-cidade-de-moeda-minas-gerais/

 

Resultado de imagem para município de Moeda minas gerais

Município de Moeda – MG

Foto retirada da internet - Site:
http://www.pousadamirantedaspedras.com/p/moeda.html

 

Sinonímia: Cattleya milleri; Laelia milleri e Sophronitis milleri.

É uma planta de pequeno porte e que apresenta forma de crescimento simpodial. Possui rizoma curto com pseudobulbos aglomerados, alongados, cônicos e monofoliado. As folhas são apicais, coriáceas, grossas e duras, com formato lanceolado. Em seu habitat natural, expostas a pleno sol e altas temperaturas, bulbos e folhas ficam de cor avermelhada.

A inflorescência é racemosa e longa, podendo chegar a meio metro de comprimento, e suportando entre 1 e 8 lindas flores de aproximadamente 5 centímetros de diâmetro.

As flores tem formato de estrela, com sépalas e pétalas de tamanho, formato e cor similares, com a predominância do vermelho, e com uma ligeira descoloração no centro da flor. O labelo e franjeado, e nele o mesmo vermelho se mescla com uma tonalidade intensa de amarelo. Lindíssima flor.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • Sugiro cultivo em vasos de plástico ou caixetas de madeira.
  • Muitos orquidófilos cultivam esta planta utilizando substrato típico para orquídeas epífias, e composto de pedra brita, casca de pinus e carvão vegetal. Eu prefiro utilizar a Pedra de São Thomé, que pode ser encontrada em qualquer loja do ramo. Como apenas utilizo alguns “cacos”, normalmente nada é cobrado pelo comerciante. Com o tempo esta pedra forma musgo em sua superfície, tornando-se um lugar extremeamente propício para o cultivo desta e de outras plantas deste gênero.
  • Cultive esta planta a pleno sol e bem protegida do frio. O ideal é 15 a 40 graus de dia, podendo chegar a temperaturas menores durante a noite. Proteja sua planta nos dias mais rigorosos do inverno.
  • Ainda, esta e todas as plantas do gênero Hoffmannseggella são muito suscetíveis ao ataque de cochonilhas. Fique atento e elimine qualquer foco desta praga antes que as sequelas sejam irreparáveis.

Floresce no começo do verão e sua floração dura em média 20 dias. Recomendo.

Seguem algumas fotos:

Resultado de imagem para Hoffmannseggella  milleri

Foto retirada da internet - Site:
http://www.orchidspecies.com/lmilleri.htm

Resultado de imagem para laelia   milleri

Foto retirada da internet - Site:
br.pinterest.com/pin/477733472948143001/

Resultado de imagem para laelia   milleri

Foto retirada da internet - Site:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-708214016-mudas-de-cattleya-laelia-milleri-_JM

Resultado de imagem para laelia   milleri

Foto retirada da internet - Site:
http://keywordsuggest.org/gallery/1283203.html

Resultado de imagem para laelia   milleri

Foto retirada da internet - Site:
http://bluenanta.com/natural/374629/species_detail/

 

 

 

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Este blog é dedicado a pessoas que, como eu, amam e cultivam orquídeas. Meu objetivo com este trabalho é conhecer pessoas, divulgar e trocar informações sobre estas plantas.

É uma atividade amadora e sem fins lucrativos.

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

IMAGES: GOOGLE search

This blog is dedicated to people who, like me, love and cultivate orchids. My goal with this job is meeting people, disseminate and exchange information on these plants.

It’s a non-profit non-professional activity.

If you find any of your images in this blog, and want it to be removed, please send me an email that I’ll do it immediately. Thank you.

 

 

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Hoffmannseggella milleri

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s