Aerides houlletiana

 

Paixão e sedução em formosos cachos pendentes

 

Aerides é um pequeno gênero de maravilhosas plantas pertencentes à família Orchidaceae, proposto em 1790 pelo jesuíta, missionário, paleontologista, médico e botânico português João de Loureiro (1710 – 1791).

Padre João de Loureiro foi um personagem notável. Desenvolveu boa parte de seu brilhante trabalho na Cochinchina, atual região sul do Vietnã, para onde foi enviado em missão jesuítica com o objetivo de evangelizar o povo local, e onde residiu por 36 anos.

Loureiro descreveu uma quantidade imensa de plantas, e escreveu muitos livros e textos técnicos de grande valor científico. “Flora Cochinchinensis” foi um de seus principais trabalhos, que ainda hoje é considerado um estupendo legado para a botânica.

 Resultado de imagem para Flora Cochinchinensis

Capa do livro “Flora Cochinchinensis”

Imagem retirada da internet - Site:
http://www.biodivn.com/2013/12/thuc-vat-chi-nam-bo-flora.html

 

O nome do gênero, Aerides, deriva da latinização das palavras gregas aéros, que significa “ar“, e eides, cuja tradução seria “modo de ser“, em referência ao fato destas plantas possuirem habito epífita, alimentando-se de teoricamente de ar.

Pelo formato de suas inflorescências, longas e pendentes, são conhecidas popularmente como “orquídea rabo-de-gato”, ou “orquídea rabo-de-raposa”.

As 30 espécies deste gênero são plantas de habito epífita, que vegetam em planícies quentes e úmidas da Ásia tropical, principalmente no sul da Ásia e ilhas do Pacífico.

São vandáceas, ou seja, apresentam forma de crescimento monopodial, e possuem como principal característica distintiva a presença nas flores de um pequeno esporão, sempre virado para a frente.

 Por suas magníficas inflorescências, forradas de pequenas flores coloridas e muito perfumadas, as plantas do gênero Aerides possuem um elevado valor comercial, e são sempre destaques em feiras, exposições e demais eventos.

Agora a planta do dia. Mais uma das tantas maravilhas da natureza. A espetacular Aerides houlletiana, planta descrita em 1872 pelo botânico alemão Heinrich Gustav Reichenbach (1823 – 1889), um dos mais renomados orquidófilos da época.

Muitos acreditam ser Reichenbach o botânico mais importante para a orquidológia, atrás apenas de John Lindley.

Reichenbach identificou, descreveu e classificou mais de mil espécies de orquídeas e, durante sua brilhante carreira, chegou a ser diretor do Jardim Botânico da Universidade de Hamburgo, na Alemanha.

Resultado de imagem para Hamburg botanic garden

Jardim Botânico de Hamburgo

Imagem retirada da internet - Site:
www.avso.org/interior-design-ideas/botanical-gardens-in-germany

 

Muitos confundem seu trabalho com o de seu pai, que também foi um renomado botânico. Para facilitar a correta interpretação, em taxonomia geralmente aparece referenciado como Rchb. f.,onde f = filius (filho), enquanto que os trabalhos de seu pai aparecem abreviados como Rchb.

O nome desta espécie, houlletiana, é uma homenagem de Reichenbach a Jean-Baptiste Houllet (1815 – 1890), jardineiro-chefe das estufas do Museu Nacional de História Natural de Paris.

Mas chega de história. Vocês já devem estar cansados de tanta “baboseira” sobre botânicos e seus legados. Vamos falar da orquídea!!!

A Aerides houlletiana é uma planta originária da Tailândia, Vietnã e Camboja, onde vegeta em florestas primárias localizadas em altitudes que variam desde o nível do mar até 600 metros.

Sinonímia: Aerides falcata var houlletiana; Aerides houlletiana var. majus; Aerides picotianum e Aerides platychilum.

É uma planta de crescimento monopodial e pequeno porte, com caule longo e robusto provido e grossas raízes velamentosas. Este caule suporta folhas alternadas, elípticas, carnudas e lustrosas.

As magníficas e garbosas inflorescências brotam das axilas das folhas. Hastes com comprimento que pode chegar a 40cm, e suportando entre 10 e 40 pequenas flores com tamanho variando entre 2,0 e 2,5cm de diâmetro, muito perfumadas e com aparência cerosa.

Em termos de cor predomina um amarelo-ouro nas sépalas e pétalas. O labelo tem borda franjada, e nele esta mesma tonalidade de amarelo contrasta com um lindo tom de rosa, e com um fundo avermelhado presente na coluna da flor. Um SHOW !!!

Regras básicas para o cultivo:

  • Por se tratar de uma vandácea, devemos cultivar a Aerides houlletiana de forma suspensa, visando preservar suas grossas e longas raízes, e não “machucar” os cachos pendentes de flores.
  • Eu recomendo o uso de caixetas de madeira, com substrato composto de partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal e esfagno.
  • Como a gigantesca maioria das orquídeas, esta planta também precisa de muita umidade, rápida drenagem e boa ventilação.
  • Gosta de 50% de sombreamento e suporta temperaturas entre 15 e 40 graus. IMPORTANTE: proteja esta planta nos dias mais rigorosos do inverno.
  • E, como última dica, tenha muita paciência. Esta planta cresce muito devagar.

Floresce normalmente na primavera e sua floração dura em torno de 30 dias.

Seguem algumas fotos ilustrativas:

Resultado de imagem para Aerides houlletiana

Foto retirada da internet - Site:
http://www.orquidarioflorarte.com.br/produtos/aerides-houlletiana.html

Resultado de imagem para Aerides houlletiana

Foto retirada da internet - Site:
www.orquideashop.com.br/novidades/aerideshoulletiana/

Resultado de imagem para Aerides houlletiana

Foto retirada da internet - Site:
commons.wikimedia.org/wiki/File:Aerides_houlletiana

Resultado de imagem para Aerides houlletiana

Foto retirada da internet - Site:
http://bluenanta.com/natural/4081/species_detail/

Resultado de imagem para Aerides houlletiana

Foto retirada da internet - Site:
ww.flickr.com/photos/44483185@N02/9005519555

Resultado de imagem para Aerides houlletiana

Foto retirada da internet - Site:
http://www.orchideen-wichmann.de/aerides-houlletiana.html

Resultado de imagem para Aerides houlletiana

Foto retirada da internet - Site:
http://vuonhoalan.net/default.asp?tab=detailnews&tin=512

 

 

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Este blog é dedicado a pessoas que, como eu, amam e cultivam orquídeas. Meu objetivo com este trabalho é conhecer pessoas, divulgar e trocar informações sobre estas plantas.

É uma atividade amadora e sem fins lucrativos.

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

IMAGES: GOOGLE search

This blog is dedicated to people who, like me, love and cultivate orchids. My goal with this job is meeting people, disseminate and exchange information on these plants.

It’s a non-profit non-professional activity.

If you find any of your images in this blog, and want it to be removed, please send me an email that I’ll do it immediately. Thank you.

 

 

Anúncios

6 pensamentos sobre “Aerides houlletiana

    • Sim Peter, você está certo. Acabo de corrigir meu erro no blog. Muito obrigado por me alertar. Hoje não vou conseguir te enviar a árvore genealógica da Blc Greenwich. Somente amanhã vou poder acessar o servidor onde tenho este registro. Prometo enviar amanhã. Um grande abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s