Epidendrum latilabre

 

 

A inspiração para a aula de hoje veio da foto abaixo, enviada por minha amiga Clorinda, exímia orquidófila curitibana. É um magnífico Epidendrum latilabre.

 

IMG-20170523-WA0005

Epidendrum latilabre

Crédito fotográfico:  Clorinda

Então vamos lá… hoje vou falar de uma orquídea discreta e pouco conhecida e divulgada. Uma orquídea com flores da mesma cor da planta, ou seja, verdes, o que muitas vezes camufla a floração. Mais um das tantas plantas desprezadas no meio da orquidofilia, mas que eu também admiro, cultivo e recomendo. Hoje vou falar do Epidendrum latilabre. Mas primeiro, como costumeiro, dados gerais do gênero.

Epidendrum é um dos maiores gêneros da família Orchidaceae, composto por aproximadamente 1000 espécies. E já foi maior, quando gêneros como Encyclia, Prostechea, Anacheilium e Auliza ainda estavam subordinados a ele.

O nome Epidendrum deriva da latinização de duas palavras gregas: epi, que significa “sobre”, “em cima de”; e dendron, que significa “árvore”; referindo-se à maneira como vivem a maior parte destas espécies deste gênero, de forma epífita.

A principal característica que distingue este gênero dos demais, é o labelo soldado à coluna em todo seu comprimento, formando um tubo.

Estas plantas, que podem ser de hábito epífita, rupícola e/ou terrestre, são originárias das Américas, desde o hemisfério norte (sul dos EUA), até o hemisfério sul (norte da Argentina).

Ainda, este gênero possui diversas variações de formato, desde miniaturas de dois centímetros de altura até gigantes de dois metros. Algumas espécies são pendentes, algumas rasteiras, outras eretas, algumas possuem pseudobulbos, algumas um longo caule com folhas dísticas, outros apenas curtos caules forrados de folhas carnosas.

A orquídea do dia é o Epidendrum latilabre, descrito em 1841 pelo botânico inglês John Lindley (1799 – 1865).

Esta planta é originária da Mata Atlântica das regiões Sul e Sudeste do Brasil, onde vegeta de forma epífita, fixada em troncos de árvores, ou, eventualmente rupícola, fixada em rochas cobertas de musgo, sempre em matas sombrias e úmidas localizadas em altitudes que variam desde 300 até 1500 metros.

Resultado de imagem para Mata Atlântica

Mata Atlântica – vegetação típica

Foto retirada da internet - Site:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Mata_Atl%C3%A2ntica

O nome da espécie, latilabre, deriva do latim: latus, que significa “largo”, e labrum, que significa “labelo”, em referência ao formato de seu labelo.

Sinonímia: Amphiglottis latilabra; Epidendrum althausenii; Epidendrum uniflorum; Epidendrum latilabrum e Neolehmannia latilabris.

A julgar pela aparência das flores, esta orquídea é muito confundida com outra planta do mesmo gênero, mesmo habitat e mesma região de ocorrência, o Epidendrum pseudodifforme. Relaciono a seguir algumas diferenças básicas para facilitar a identificação da espécie:

  • As folhas do Epidendrum latilabre são maiores que as do Epidendrum pseudodifforme.
  • As flores de Epidendrum latilabre são maiores que as do Epidendrum pseudodifforme.
  • O caule de Epidendrum latilabre é mais largo no ápice do que na base, e o caule do Epidendrum pseudodifforme apresenta largura uniforme desde a base até o ápice.
  • A inflorescência do Epidendrum latilabre tem entre 1 e 5 flores, enquanto a do Epidendrum pseudodifforme pode apresentar mais de 10 flores por inflorescência.
  • O Epidendrum latilabrefloresce normalmente no começo do outono e Epidendrum pseudodifforme floresce um pouco mais tarde, entre dezembro e janeiro.

Possui rizoma curto, grosso e ramificado, com raízes velamentosas, e suportando caules retorcidos de até 20cm de comprimento. Apresentando folhas coriáceas e grossas dispostas de forma alternada em sua extensão.

A inflorescência do Epidendrum latilabre surge no ápice do caule. Curtas hastes de aproximadamente 10cm de comprimento, suportando entre 1 e 5 flores cerosas de tamanho que varia de 3,0 a 5,0cm de diâmetro.

As flores não são perfumadas e a cor predominante é o verde claro. Sépalas e pétalas similares, de formato linear, e labelo com margens onduladas a crespas. Discreta e simpática.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • Sugiro cultivar o Epidendrum latilabre fixado em tronco ou casca de árvore, com muitas raízes expostas. Esta planta precisa de grande aeração nas raízes.
  • Se sua opção for cultivo em vaso ou caixeta, então utilize um substrato confeccionado com partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal e esfagno.
  • Cuidado com água acumulada no fundo. O substrato deve ser arejado e drenar a água imediatamente.
  • Sugiro cultivo com 60% de sombreamento, e temperaturas entre 5 e 35 graus.

Floresce no começo do inverno e cada floração dura em média 20 dias.

Seguem algumas fotos ilustrativas:

Resultado de imagem para epidendrum latilabre

Foto retirada da internet - Site:
www.flickr.com/photos/36947023@N02/8531589961

Resultado de imagem para epidendrum latilabre

Foto retirada da internet - Site:
www.flickr.com/photos/36947023@N02/4093466495

Resultado de imagem para epidendrum latilabre

Foto retirada da internet - Site:
http://orquideasdamatatlantica.com/Epidendrum3.html

Resultado de imagem para epidendrum latilabre

Foto retirada da internet - Site:
http://orquideasdamatatlantica.com/Epidendrum3.html

Resultado de imagem para epidendrum latilabre

Foto retirada da internet - Site:
www.flickr.com/photos/marcelofarofa/2250857792

Resultado de imagem para epidendrum latilabre

Foto retirada da internet - Site:
http://picssr.com/photos/36947023@N02/page9?nsid=36947023@N02

Resultado de imagem para epidendrum latilabre

Foto retirada da internet - Site:
http://turca-artes-e-viagens.blogspot.com.br/2011/06/orquidea-verde.html

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Este blog é dedicado a pessoas que, como eu, amam e cultivam orquídeas. Meu objetivo com este trabalho é conhecer pessoas, divulgar e trocar informações sobre estas plantas.

É uma atividade amadora e sem fins lucrativos.

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

IMAGES: GOOGLE search

This blog is dedicated to people who, like me, love and cultivate orchids. My goal with this job is meeting people, disseminate and exchange information on these plants.

It’s a non-profit non-professional activity.

If you find any of your images in this blog, and want it to be removed, please send me an email that I’ll do it immediately. Thank you.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Epidendrum latilabre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s