Dendrochilum magnum

 

Dendrochilum, o nome deste gênero, deriva da união de duas palavras gregas: dendron, que significa “árvore“, e Kheilos que significa “lábio“; referindo-se ao seu labelo e à maneira como vivem as espécies deste gênero.

Este gênero é composto por aproximadamente 280 espécies, todas de crescimento simpodial e hábito epífita, podendo ocasionalmente ser encontrada fixada a rochas.

Parentes das Coelogynes, e intimamente ligado ao gênero Pholidota, as orquídeas deste gênero são originárias do sul da Ásia e das ilhas da Oceania. Só em Bornéu existem mais de 80 espécies, das quais metade são nativas do monte Kinabalu, maior montanha da Malásia, com 4095 metros de altitude.

Classificado como Patrimonio Mundial pela UNESCO, o parque e monte Kinabalu é o principal refúgio de orangotangos, e abriga mais de 6000 espécies de plantas, dentre as quais, além das orquídeas, destacam-se diversas plantas carnívoras e as famosas Rafflesias, com suas flores gigantes que podem passar de um metro de diâmetro e pesar mais de 10 quilos.

Resultado de imagem para monte Kinabalu

Monte Kinabalu

Foto retirada da internet - Site:
http://www.exborneo.com/galleries/mount-kinabalu-poring-rainforest/

Resultado de imagem para rafflesia

Rafflesia – a maior flor do mundo

Foto retirada da internet - Site:
br.pinterest.com/7WondersBorneo/rafflesia-the-worlds-largest-flower/

 

A seguir listo três características das plantas do gênero Dendrochilum:

  • São todas classificadas como micro-orquídeas.
  • Possuem inflorescências em cachos pendentes e com muitas flores. Por este motivo são conhecidas popularmente como “orquídea-colar”.
  • Suas flores são divinamente perfumadas. Se você não apreciar a planta ou a flor, vale a pena colecionar só pela fragrância.

A planta do dia é o maravilhoso Dendrochilum magnum, originário das Filipinas e encontrado em altitudes compreendidas entre 1200 a 1800 metros, sempre em locais de clima tropical e muita umidade.

Esta magnífica planta foi descrita em 1861, pelo renomado botânico e orquidólogo alemão Heinrich Gustav Reichenbach (1823 – 1889).

O nome desta espécie, magnum, deriva do latim, magnus, e significa “grande”, “importante”. Provavelmente em referência ao tamanho avantajado de suas inflorescências.

Anteriormente esta orquídea foi classificada como Acoridium magnum, hoje considerado um sinônimo.

Planta de médio porte e crescimento simpodial, com rizoma rasteiro e ramificado, e com raízes cobertas por tecido velame. Os pseudobulbos são alongados e de formato fusiforme, chegando a medir até 6,5cm de comprimento por 1,2cm de diâmetro. Estes bulbos são lisos quando novos, tornando-se enrugados com o passar do tempo. Do ápice destes bulbos brotam duas grandes folhas de cor verde claro, finas, pecioladas e de formato elíptico. Estas folhas podem ter mais de 20cm de comprimento por 7cm de largura.

A inflorescência é fantástica. Hastes finas, racemosas e pendentes brotam do ápice dos pseudobulbos, com comprimento que pode passar de meio metro, suportando até mais de cem pequenas flores que nascem de forma alternada sobre a inflorescência. Um SHOW.

As pequenas flores tem em média 0,8cm de diâmetro, são de cor verde-amarelada, com labelo em tonalidade um pouco mais acentuado, e espalham um perfume forte, marcante, sedutor e embriagante.

Esta espetacular planta floresce no final do verão e sua floração dura em média 20 dias.

Para cultivo sugiro seguir as seguintes recomendações:

  • Eu prefiro o cultivo em cascas ou troncos de árvores. Porém, também podem ser cultivada em vasos de plástico ou caixetas com substrato feito de partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal e esfagno.
  • Procure cultivar esta orquídea em local com boa ventilação.
  • Com a maioria das micro-orquídeas, o Dendrochilum magnum gosta de uma boa sombra. 70% de sombreamento é o ideal.
  • Cuidado com a temperatura. Proteja sua planta nos dias mais frios. Esta espécie gosta de calor, 10 a 35 graus.

Planta espetacular. Recomendo!!!

Seguem algumas fotos:

IMG_20170325_103115513

IMG_20170325_103240484

As duas fotos acima mostradas são da planta campeã da 109a Exposição de Orquídeas de Curitiba/PR, e que recebeu o troféu Lourenço José Geronaso.

Data do evento: 24/03/2017

Expositor: Marlene Reimann

Foto:  Juan Pablo Heller

Resultado de imagem para dendrochilum magnum

Foto retirada da internet - Site:
http://www.brookside-orchids.com/store/p1047/Dendrochilum_magnum_5%22_or_7%22_pots.html

Resultado de imagem para dendrochilum magnum

Foto retirada da internet - Site:
br.pinterest.com/pin/440367669791132168/

Resultado de imagem para dendrochilum magnum

Foto retirada da internet - Site:
http://picssr.com/photos/jeffs-bulbesetpots/favorites/page2?nsid=91140443@N08

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Este blog é dedicado a pessoas que, como eu, amam e cultivam orquídeas. Meu objetivo com este trabalho é conhecer pessoas, divulgar e trocar informações sobre estas plantas.

É uma atividade amadora e sem fins lucrativos.

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

IMAGES: GOOGLE search

This blog is dedicated to people who, like me, love and cultivate orchids. My goal with this job is meeting people, disseminate and exchange information on these plants.

It’s a non-profit non-professional activity.

If you find any of your images in this blog, and want it to be removed, please send me an email that I’ll do it immediately. Thank you.

 

 

 

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Dendrochilum magnum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s