Dichaea cogniauxiana

 

Hoje vou falar de um gênero que admiro demais, não só pela indiscutível beleza de suas flores, mas também pelo aspecto vegetativo. As queridas, pequenas e frágeis orquídeas do gênero Dichaea.

Este gênero compreende aproximadamente 120 espécies, que são naturais da área que se estende desde o sul do México até o sul do Brasil. 25 delas podem ser encontradas no Brasil.

O nome deste gênero deriva da latinização do advérbio grego dikha, que significa “duplo“, em referência às suas folhas dísticas que crescem formando duas carreiras opostas. Aliás, por este motivo algumas pessoas costumam chamá-las, evidentemente de forma errada, de “mini-samambaias”.

Resultado de imagem para samambaia planta

Foto retirada da internet - Site:
https://casa.umcomo.com.br/artigo/como-cuidar-das-samambaias-2897.html

 

Este magnifico gênero foi proposto pelo botânico inglês John Lindley, em 1833, e publicado em “The Genera and Species of Orchidaceous Plants”. A espécie “tipo” deste gênero é a Dichaea pendula, já estudada.

A orquídea do dia é a Dichaea cogniauxiana, proposta em 1922 pelo botânico e taxonomista alemão Friedrich Richard Rudolf Schlechter (1872 – 1925). Schlechter é um dos mais renomados orquidófilos da história, tendo publicado muitos trabalhos técnicos. A ele devemos a proposição de cerca de mil espécies da família Orchidaceae.

O nome da espécie é uma homenagem de Schlechter ao botânico belga Alfred Celestin Cogniaux (1841 – 1916).

É uma planta de pequeno porte que vegeta na Mata Atlântica do Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, sempre em altitudes compreendidas entre 400 e 1500 metros. Normalmente a Dichaea cogniauxiana é encontrada em matas de alto índice de umidade, próxima a cursos d’água, e bem protegida do sol direto.

A espécie tem hábito ereto (diferindo da Dichaea pendula, que tem hábito pendente), e vegeta como epífita ou rupícola em nossas matas.

É uma orquídea de crescimento monopodial, que apresenta caules alongados e finos (0,3cm de diâmetro), lateralmente achatados e que podem passar de 30cm de comprimento. As folhas são lineares e articulares, dispostas de modo alternado ao longo de todo o caule, e com medida média de 3 x 0,5cm.

Os caules da Dichaea cogniauxiana são ramificados, com novos caules surgindo em qualquer ponto da planta, e com muitas raízes aéreas.

A inflorescência é uniflora e surge em um pedicelo (estrutura originada da modificação do caule) muito curto.

A flor é fantástica e tem em torno de 0,6cm de diâmetro. Pétalas e sépalas têm dimensões próximas, com coloração branca e translúcida, podendo eventualmente tender para o rosado, e é densamente pintalgada de cor vinho. O labelo tem forma típica de âncora, com a mesma cor das outras partes da flor. Um show.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • Sugiro cultivar esta planta fixada em troncos ou cascas de árvores, com muitas raízes expostas. Esta planta precisa de grande aeração nas raízes. Adicione um pouco de esfagno junto à base da planta. Ela precisa de mais umidade que o normal para orquídeas.
  • Se sua opção for cultivo em vaso ou caixeta, então utilize um substrato confeccionado com partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal e esfagno. (Os dois primeiros bem moídos).
  • Cuidado com água acumulada no fundo. O substrato deve ser arejado e drenar a água imediatamente.
  • Recomendo ainda que o cultivo da Dichaea cogniauxiana seja feito em local com 70% de sombreamento, e temperaturas entre 5 e 35 graus.

Floresce no verão e sua floração dura em torno de 20 dias.

Seguem algumas fotos:

 

Resultado de imagem para Dichaea cogniauxiana

Foto retirada da internet - Site:
http://orquideasdamatatlantica.com/Dichaea.html

 

Resultado de imagem para Dichaea cogniauxiana

Foto retirada da internet - Site:
http://orquideasdamatatlantica.com/Dichaea.html

 

Resultado de imagem para Dichaea cogniauxiana

Foto retirada da internet - Site:
http://orquideasdamatatlantica.com/Dichaea.html

 

Resultado de imagem para Dichaea cogniauxiana

Foto retirada da internet - Site:
www.flickr.com/photos/luizfilipevarella/8529181895

 

Resultado de imagem para Dichaea cogniauxiana

Foto retirada da internet - Site:
http://picssr.com/tags/dichaea/page4

 

 

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Este blog é dedicado a pessoas que, como eu, amam e cultivam orquídeas. Meu objetivo com este trabalho é conhecer pessoas, divulgar e trocar informações sobre estas plantas.

É uma atividade amadora e sem fins lucrativos.

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

IMAGES: GOOGLE search

This blog is dedicated to people who, like me, love and cultivate orchids. My goal with this job is meeting people, disseminate and exchange information on these plants.

It’s a non-profit non-professional activity.

If you find any of your images in this blog, and want it to be removed, please send me an email that I’ll do it immediately. Thank you.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Dichaea cogniauxiana

    • Valeu Renata. Obrigadão pela companhia. É bom saber que você gostou do meu blog. Pessoas como você alimentam a alma e a inspiração para continuar aprimorando e divulgando conhecimentos sobre orquídeas. Um grande abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s