Barkeria scandens

Barkeria é um gênero da família Orchidaceae, proposto em 1838 pelos botânicos ingleses George Beauchamp Knowles (1790-1862)  e Frederic Westcott (? – 1861).

O nome do gênero, Barkeria, é uma homenagem a mais um inglês, o advogado, botânico e renomado colecionador de orquídeas George Barker (1776 – 1845).

Barker coletou muitas plantas e foi responsável pela nomeação do Epidendrum blepharistes e do Oncidium incurvum.

Trata-se de um pequeno gênero formado por apenas 18 plantas que anteriormente eram subordinadas ao gênero Epidendrum. Tem como principal característica distintiva o fato de possuir  folhas decíduas, também chamadas de caducas, e que são aquelas que caem em certo período do ano, deixando a árvore ou a planta “desnuda”.

São todas plantas de hábito predominantemente epífita, mas que ocasionalmente podem ser vistas vegetando fixadas sobre rochas, de forma rupícola.

Estas simpáticas plantas habitam em florestas fechadas de regiões com longos períodos de secas, em toda a Mesoamérica (termo de origem grego cuja tradução é América Intermediária, que designa a região que compreende o sul do México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Honduras e Belize. Foi nesta extensa região que se originaram civilizações como Astecas, Maias, Olmecas e Teotihuacanos).

Resultado de imagem para mesoamerica

Mesoamérica - Mapa

Mapa retirado da Internet - Site: 
http://www.famsi.org/maps/

 

Hoje vou falar da Barkeria scandens, uma planta com lindas e cativantes flores rosadas.

É uma planta natural de Michoacan, Guerrerro e Oaxaca, estados da região sul do México, onde habita de forma epífita ou rupícola em florestas localizadas entre 1200 e 1800 metros de altitude.

Resultado de imagem para Michoacan, Guerrerro e Oaxaca mapa

México / Estados - Mapa

Mapa retirado da Internet - Site: 
http://www.viarural.com.mx/mapa/

 

O nome da espécie, scandens, deriva do latim, e sua tradução é “escalando”, “subindo”, em referência a longa e ereta inflorescência desta planta.

Sinonímia: Barkeria cyclotella; Barkeria lindleyana var. cyclotella; Epidendrum cyclotellum; Epidendrum lindleyana var. Cyclotellum e Pachyphyllum scandens.

A forma de crescimento desta orquídea é chamada de pseudomonopodial, ou seja, cresce continuamente no ápice do caule, como acontece nas plantas de crescimento monopodial, mas brota também das gemas presentes em seu rizoma, como acontece nas plantas de crescimento simpodial.

Possui rizoma longo, com grossas e fortes raízes velamentosas, suportando pseudobulbos longos e cilíndricos, em forma de cana e cobertos por bainha foliar, dos quais brotam de forma alternada, entre 3 e 10 folhas decíduas, elípticas e lanceoladas.

A inflorescência da Barkeria scandens é um espetáculo. Uma longa e ereta haste que pode chegar a 60cm de comprimento, suportando entre 2 e 15 magníficas flores.

A flor tem entre 3 e 5cm de diâmetro, com total predominância da cor rosa. O labelo tem uma discreta mácula branca e umas poucas estrias de cor púrpura. Um show.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • De preferência cultive esta planta em cascas ou troncos de árvore.
  • Pode também ser cultivado em vasos de plástico ou caixetas de madeira. Neste caso, sugiro um substrato confeccionado com partes iguais de casca de pinus, pedra brita miúda e carvão vegetal.
  • Cuidado com a drenagem. Não deixe acumular água no fundo do vaso.
  • Diminua sensivelmente as regas no inverno.
  • Sugiro ainda um cultivo com 50% de sombreamento e temperaturas entre 5 e 35 graus.

Floresce no verão, e a floração dura em torno de 20 dias.

A seguir mostro algumas fotos desta linda orquídea:

Resultado de imagem para barkeria scandens

Foto retirada da Internet - Site:  

flickr.com/photos/78484669@N02/11435875683

 

Resultado de imagem para barkeria scandens

Foto retirada da Internet - Site:

nelocactus.org/Orquideas%20B%20y%20C.html

 

Resultado de imagem para barkeria scandens

Foto retirada da Internet - Site:  

http://theorchidfiles.com/?paged=2

 

Resultado de imagem para barkeria scandens

Foto retirada da Internet - Site:  

www.panoramio.com/user/773614?photo_page=2

 

 

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Este blog é dedicado a pessoas que, como eu, amam e cultivam orquídeas. Meu objetivo com este trabalho é conhecer pessoas, divulgar e trocar informações sobre estas plantas.

É uma atividade amadora e sem fins lucrativos.

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

IMAGES: GOOGLE search

This blog is dedicated to people who, like me, love and cultivate orchids. My goal with this job is meeting people, disseminate and exchange information on these plants.

It’s a non-profit non-professional activity.

If you find any of your images in this blog, and want it to be removed, please send me an email that I’ll do it immediately. Thank you.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s