Bulbophyllum affine

Como já visto, o nome deste gênero procede da latinização das palavras gregas bolbos, que significa “bulbo”, “tubérculo”, e phyllon que significa “folha”, aludindo à forma bulbosa das folhas da primeira planta descrita, que tem folhas bastante espessas.

Bulbophyllum é o maior, e um dos mais complexos gêneros entre as orquídeas, com mais de duas mil espécies bastante diversas, distribuídas pelos trópicos de todos os continentes, com predominância no sudeste da África e da Ásia. Somente na Nova Guiné ocorrem mais de 600 espécies.

A orquídea do dia é o Bulbophyllum affine, uma planta robusta e com lindas e encantadoras flores.

Esta orquídea foi descrita em 1830 pelo inglês John Lindley, em conjunto com o dinamarquês Nathaniel Wallich.

John Lindley já é bem conhecido de todos. Vou contar um pouco sobre a vida e obra de Nathaniel Wallich (1786 – 1854).

Nathaniel Wallich

Wallich nasceu em Copenhague, onde se formou em botânica, além de ser mestre e doutor em medicina, formado na Universidade de Aberdeen. Trabalhou como cirurgião por muitos anos na Índia, e depois se dedicou exclusivamente às orquídeas, sua grande paixão, tendo descrito muitas plantas.

Dirigiu o Jardim Botânico de Calcutá, na Índia, e foi nomeado membro da Royal Society em 1829. Hoje existe um monumento em sua homenagem, erigido pela Companhia Britânica das Índias Orientais.

Jardim Botânico de Calcutá

Jardim Botânico de Calcutá

Jardim Botânico de Calcutá

Jardim Botânico de Calcutá

Sinonímia: Bulbophyllum kusukuensis; Phyllorchis affinis e Sarcopodium affine.

Quanto à etimologia, não consegui descobrir o sentido do nome da espécie. Affine é uma palavra derivada do latim, affinis, que significa “vizinho”, “adjacente”, ou ainda, “similar a algo”. Pesquisei muito mas não achei nenhuma relação destas palavras com a planta do dia. Se alguém souber e puder informar, eu agradeço muito.

O Bulbophyllum affine é uma planta de crescimento simpodial. É originária da extensa área que compreende o Himalaia, Nepal, Butão, Sikkim, Mianmar, Tailândia, Laos, China, Vietnã, Hong Kong, Taiwan e ilhas de Ryukyu.

Esta planta vegeta em florestas primárias, sombrias e úmidas, de forma predominantemente epífita, podendo ocasionalmente ser vista fixada em rochas cobertas de musgo, habitando de forma rupícola, sempre em altitudes que variam de 500 a 1500 metros.

É uma planta rasteira, com rizoma robusto e ramificado, raízes com velame, e pseudobulbos bem definidos e espaçados, de formato piramidal, suportando apenas uma única folha grossa e lanceolada.

Suas hastes florais podem chegar a 20cm de comprimento, e suportam uma única flor simpática e de formato estrelado.

Cada flor tem entre 3 e 4cm de diâmetro e não emana perfume. Sépalas um pouco maiores que as pétalas, porem de formato e pintura similares, com a predominância do amarelo, caprichosamente listrado de vermelho, como se fosse um “caderno pautado”. O labelo é pequeno e combina as mesmas cores do resto da flor. Um show de orquídea.

Floresce normalmente na primavera e cada floração dura em média 15 dias.

Seguem algumas recomendações:

  • Eu prefiro o cultivo em cascas ou troncos de árvores. Neste caso, utilize peças grandes porque esta planta cresce rapidamente e, por ser rastejante e possuir bulbos bem espaçados, se espalha em grande área.
  • Porém, também pode ser cultivado em vaso de plástico ou caixeta de madeira. Neste caso utilize vasos preferencialmente rasos. Ainda, se esta for sua opção, então sugiro um substrato feito de partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal, pedrisco e esfagno.
  • Procure cultivar esta orquídea em local com boa ventilação e sombreamento de 60%, e com temperaturas entre 5 e 35 graus.
  • Pode ser dividida como quase todas as orquídeas de crescimento simpodial, cortando o rizoma e deixando pelo menos 4 bulbos em cada parte da divisão.

Seguem algumas fotos:

bulbophyllum-affine-1

Bulbophyllum affine

bulbophyllum-affine-3

bulbophyllum-affine-4

bulbophyllum-affine-5

bulbophyllum-affine-6

bulbophyllum-affine-7

bulbophyllum-affine-8

bulbophyllum-affine-9

bulbophyllum-affine-12

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s