Colmanara Wildcat

Hoje vou falar da Colmanara. Não se trata de um gênero. Este é o nome dado a um híbrido gerado pelo cruzamento intergenético envolvendo plantas dos gêneros Miltonia, Odontoglossum e Oncidium.

Relembrando aulas anteriores, enfatizo algumas informações que julgo importantes para quem gosta de plantas híbridas.

A busca por plantas “perfeitas” tem levado o homem a realizar ousados cruzamentos. Mas quais são os fatores que levam as pessoas a hibridar? Relaciono a seguir alguns motivos:

  • O primeiro fator é a curiosidade. Aventurar-se na criação de novas plantas é algo muito excitante, principalmente para os iniciantes na área.
  • A busca de uma planta estupenda, que leve o produtor à fama, também é muito relevante. Quem sabe algum dia existirá uma fantástica Blc. Pablo ou uma Colmanara Heller… não custa sonhar.
  • A ânsia por flores cada vez maiores e mais coloridas, formas ousadas e atraentes, labelos franjados, maior quantidade de flores por inflorescência, perfume e outras características são focadas.
  • A tentativa de conseguir plantas de maior valor comercial.
  • A procura por plantas cada vez mais resistentes a variadas condições climáticas.
  • A melhoria genética e a resistência a doenças.
  • A época de floração, visando ter plantas floridas em ocasiões especiais como dia das mães, dia dos namorados, finados e Natal, nas quais aumenta muito a procura por flores.

Mas cultivar híbridos é mais fácil do que cultivar espécies naturais?

Resultado de imagem para palavra sim

A resposta é fácil… SIM.

A hibridação tanto de plantas como de animais, é uma técnica muito utilizada visando um melhoramento genético, no intuito de aumentar o chamado “vigor da descendência(heterose).

A cada cruzamento são geradas plantas com mais tipos de genes em relação a cada uma de suas espécies progenitoras. Assim, obtemos plantas com maior produtividade, precocidade e facilidade de adaptação a diferentes ambientes.

E agora chega de generalidades. Vamos ao estudo da planta do dia, a magnífica Colmanara Wildcat.

A tradução de “Wildcat”, o nome deste híbrido, é “gato selvagem”, em uma comparação das flores amarelas com manchas marrons, que lembram a pele de alguns felinos, como o leopardo e a onça.

Resultado de imagem para onça

Este espetacular híbrido que tem lugar cativo nas floriculturas de todo o mundo, foi criado em 1992 pela Rod McLellan Company, localizada em San Mateo, no estado norte-americano da Califórnia.

A Colmanara Wildcat é o resultado do cruzamento de uma Odontonia Rustic Bridge com um Odontocidium Crowborough. Gostaria muito de mostrar a árvore genealógica completa desta planta, mas a mesma é muito extensa. Se alguém tiver interesse pode entrar em contato que enviarei as informações completas via e-mail.

Assim como todas as plantas envolvidas neste cruzamento, este híbrido também resulta em uma orquídea de hábito epífita e crescimento simpodial. Rizoma racemoso e compacto, com raízes velamentosas. Possui pseudobulbos fusiformes, alongados e bifoliados, que inicialmente são lisos e que com o tempo ficam sulcados. As folhas são grandes, finas e lanceoladas.

A inflorescência é espetacular. Longas hastes ramificadas que podem passar de 70cm de comprimento, com muitas flores de aproximadamente 8cm de diâmetro. Normalmente estas hastes são tutoradas para dar firmeza e alto padrão estético à planta, visando obviamente aumentar o valor comercial do produto.

As flores são lindíssimas. Sépalas e pétalas de forma e tamanho similares, e um labelo proporcional e ondulado lindamente desenhado. Uma “estrela” vistosa, brilhante e cativante.

Imagem relacionada

Em termos de cores existe uma grande gama de variações. A flor mais comum tem sépalas e pétalas de cor amarela, com grandes máculas de cor marrom. No labelo predomina o branco, com a presença de uma figura geométrica de cor marrom avermelhado.

Embora eu prefira as espécies, não posso deixar de manifestar meu encanto por este fantástico híbrido. E o sucesso de vendas desta planta mostra que não sou o único admirador. Existem muitos atrativos para o cultivo da Colmanara Wildcat:

  • Facilidade de cultivo.
  • Variação incrível de cores, com predominância do amarelo e marrom avermelhado, sempre em tons fortes e vibrantes.
  • Duração das flores que normalmente chega a quase dois meses.
  • Numero de florações. Normalmente uma por ano, mas ocasionalmente pode chegar a duas vezes.
  • Amadurecimento precoce da planta, se comparada com a maioria das espécies e plantas híbridas.
  • Preço. Normalmente é uma planta de baixo custo.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • Pode ser cultivada fixada em árvores, ou então em cascas ou troncos de árvore. Porém, o mais recomendado é o uso de vasos plásticos ou caixetas de madeira.
  • Utilize substrato confeccionado com partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal e esfagno.
  • Sugiro cultivo com sombreamento de 50% e temperaturas entre 10 e 35 graus.
  • Precisa de umidade, boa drenagem e boa ventilação.

Normalmente floresce no verão, mas é comum florações em outras estações do ano. Recomendo.

Seguem algumas fotos ilustrativas:

colmanara-wildcat-1

colmanara-wildcat-2

colmanara-wildcat-3

colmanara-wildcat-4

colmanara-wildcat-5

colmanara-wildcat-6

colmanara-wildcat-7

colmanara-wildcat-8

colmanara-wildcat-9

colmanara-wildcat-11

colmanara-wildcat-112

colmanara-wildcat-113

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Colmanara Wildcat

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s