Bulbophyllum rothschildianum

Como já visto, o nome deste gênero procede da latinização das palavras gregas bolbos, que significa “bulbo”, “tubérculo”, e phyllon que significa “folha”, aludindo à forma bulbosa das folhas da primeira planta descrita, que tem folhas bastante espessas.

Bulbophyllum é o maior, e um dos mais complexos gêneros entre as orquídeas, com mais de duas mil espécies bastante diversas, distribuídas pelos trópicos de todos os continentes, com predominância no sudeste da África e da Ásia. Somente na Nova Guiné ocorrem mais de 600 espécies.

A orquídea do dia é o Bulbophyllum rothschildianum, uma planta exótica e encantadora, descrita em 1912 pelo renomado botânico inglês James O’Brien (1842 – 1930).

Anteriormente, esta espécie foi classificada como Cirrhopetalum rothschildianum. Inclusive, alguns taxonomistas discutem a sugerem a preservação deste nome. A briga é boa. Na base do “cara ou coroa” eu acabei adotando o nome Bulbophyllum para o gênero.

CURIOSIDADE:

O nome desta espécie, rothschildianum,  é uma homenagem à Família Rothschild, famosa por sua fortuna e pela paixão por orquídeas. É uma família judia, com origem em Hamburgo, na Alemanha, e que estabeleceu uma dinastia bancária na Europa.

bulbophyllum-rothschildianum-z1

 

bulbophyllum-rothschildianum-z2

Diz-se que fizeram boa parte de sua fortuna no fim das guerras napoleônicas, quando tiveram conhecimento antecipado da vitória da Inglaterra, e lançaram um rumor no mercado que Napoleão seria o vitorioso. Com isto a bolsa caiu quase a zero, e os Rothschild praticamente compraram a economia inteira da Inglaterra. Quando foi dada a verdadeira notícia, a de que a Inglaterra havia vencido a guerra, os Rothschild emergiram como a família mais rica da Europa.

Resultado de imagem para napoleao bonaparte território

 

Resultado de imagem para guerras napoleonicas

Acredita-se que quando a família estava no seu auge, no século XIX, possuía a maior fortuna privada no mundo.

Agora voltando à orquídea do dia, esta planta, assim como a maioria dos Bulbophyllum, também é uma espécie de hábito epífita e crescimento simpodial. É originária da região sul da Ásia, mais especificamente da província de Yunnan, no sul da China, nordeste da Índia, Bangladesh e Mianmar, onde vegeta em matas úmidas localizadas entre 300 e 1200 metros de altitude.

bulbophyllum-rothschildianum-z3

É uma planta rasteira, com rizoma robusto e ramificado, raízes com velame, e pseudobulbos bem definidos, de formato piramidal, suportando apenas uma única folha grossa e lanceolada.

Suas hastes florais podem passar de 20cm de comprimento, e suportam de 6 a 12 flores de formato exótico e que, em conjunto, formam uma figura que lembra um leque.

Resultado de imagem para leque abrindo gif animado

Estas flores medem em média 2,5 X 15,0cm de comprimento, e são levemente perfumadas. Não é uma fragrância das melhores, mas também não chega a ser desagradável como ocorre com a maioria das espécies do gênero Bulbophyllum.

A sépala dorsal e as pétalas desta flor são de cor amarela com listras em bordô, e com cílios desta mesma cor. As sépalas laterais se fundem no centro, e são de cor amarela densamente pintalgada de bordô. Já no labelo, a cor é predominantemente avermelhada. Um show de flor.

Como sempre, manifesto minha dificuldade em definir cores. Para mim esta flor é bordô. Porém, já li descritivos informando que a mesma é de cor vinho, ou avermelhada, ou lilás escuro, escarlate intenso e até magenta profundo. Escolham a que mais agradar.

Floresce normalmente no inverno e cada floração dura em média 10 dias.

É uma planta muito fácil de cultivar. Seguem algumas recomendações:

  • Eu prefiro o cultivo em cascas ou troncos de árvores. Porém, também podem ser cultivado em vaso de plástico ou caixeta de madeira.
  • Neste caso, sugiro um substrato feito de partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal, pedrisco e esfagno.
  • Procure cultivar esta orquídea em local com boa ventilação e sombreamento de 60%.
  • É uma planta que suporta muito bem as variações de temperatura. Tolera extremos que vão desde zero até 40 graus.
  • Pode ser dividida como quase todas as orquídeas de crescimento simpodial, cortando o rizoma e deixando pelo menos 4 bulbos em cada parte da divisão.

É uma planta fácil de encontrar, e de preço acessível. Recomendo.

Seguem algumas fotos:

bulbophyllum-rothschildianum-1

bulbophyllum-rothschildianum-2

bulbophyllum-rothschildianum-3

bulbophyllum-rothschildianum-4

bulbophyllum-rothschildianum-5

SONY DSC

bulbophyllum-rothschildianum-8

bulbophyllum-rothschildianum-9

bulbophyllum-rothschildianum-11

bulbophyllum-rothschildianum-12

bulbophyllum-rothschildianum-13

bulbophyllum-rothschildianum-14

bulbophyllum-rothschildianum-15

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Bulbophyllum rothschildianum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s