Cyrtopodium polyphyllum

 

O nome deste interessante gênero vem do grego kyrtos, que significa “inclinado”, e podium, que significa “”, provável referência à inclinação do pé da coluna de suas flores.

As plantas deste gênero são popularmente chamadas de “orquídea-charuto” pelo formato e tamanho dos pseudobulbos.

Resultado de imagem para charuto gif animado

As 30 espécies deste gênero são naturais das Américas, na faixa que vai desde a Flórida (Everglades) até a Argentina. A grande maioria das espécies ocorre no Brasil, em praticamente todos os estados e em todos os biomas brasileiros, vegetando desde a região litorânea à floresta amazônica, em campos rupestres e grandes cadeias montanhosas, nas pradarias e campos gerais do sul do país.

O porte dos Cyrtopodium é muito variável, porém, na maioria das vezes são muito robustos. A inflorescência é sempre vigorosa e abundante, brota da base do pseudobulbo, podendo ter de alguns centímetros a mais de 1 m de altura.

A maioria dos Cyrtopodium apresenta uma baixa tolerância ao excesso de umidade, isso porque as espécies deste gênero passam por um período anual de estresse hídrico, ou seja, um período geralmente de seis meses em média com pouca ou sem chuva.

Como outros gêneros já estudados, os Cyrtopodium possuem um período anual de dormência, no qual estão desprovidos de folhas.

A planta do dia é o Cyrtopodium polyphyllum, magnífica planta do litoral brasileiro encontrada em vegetação típica de restinga.

É uma espécie predominantemente terrestre, que vegeta na costa brasileira desde a Paraíba até Santa Catarina. Ocasionalmente pode ser encontrada habitando de forma rupícola nas encostas litorâneas, sempre em altitudes que variam desde o nível do mar até 900 metros.

Forma enormes touceiras a beira-mar e a pleno sol.  Eu já vi uma gigantescas áreas forradas com esta planta em Pontal do Sul, no litoral paranaense.

Resultado de imagem para pontal do sul

 

Anteriormente, o Cyrtopodium polyphyllum foi classificado como Cyrtopodium paranaenese; Cyrtopodium paranaense var. pickelii; Cyrtopodium polyphyllum var. pickelii e Epidendrum polyphyllums.

Aliás, deixo aqui um desabafo. Esta planta tem como principal centro de dispersão o estado do Paraná e, por este fato, por décadas recebeu o justo nome de Cyrtopodium paranaense. Por que mudar para Cyrtopodium polyphyllum? Não existe absolutamente nenhum motivo para isto. Simplesmente ridículo.

Resultado de imagem para cara de raiva emoticon

O nome da espécie, polyphyllum, deriva do grego: poly, que significa “muito”, e phyllum, que significa “folhas”. Ou seja, a tradução do nome desta planta seria “Cyrtopodium de muitas folhas”. Interessante… a maioria das orquídeas tem muitas folhas. Cyrtopodium paranaense é muito mais elegante, bonito e justo.

É uma planta de grande porte. Rizoma robusto e normalmente enterrado, com longos pseudobulbos fusiformes que podem passar de meio metro de comprimento. A inflorescência é espetacular. Hastes ramificadas que brotam da base dos pseudobulbos, e que podem chegar a 1,5 metros de altura, com muitas flores ressupinadas. Há registros de hastes com mais de 150 flores. Um Show.

Estas são perfumadas e tem entre 2,5 e 4,0cm de diâmetro. As pétalas e sépalas são de cor amarelo claro e com nuances esverdeadas. No labelo prevalece um tom mais forte de amarelo com calosidades avermelhadas.

Para cultivo deixo as seguintes dicas:

  • Sugiro cultivo em vaso plástico e fundo, como os utilizados para o plantio das orquídeas do gênero Cymbidium.
  • Para substrato recomendo um preparado feito com 50% de areia, e a outra metade combinando carvão vegetal, casca de pinus e pedra brita. Se possível adicione turfa.
  • Pode também ser cultivada em canteiros, com o mesmo substrato acima sugerido.
  • Utilize vasos com boa drenagem.
  • Cultive a planta em local bem ventilado.
  • Esta espécie precisa de muita luminosidade. Sugiro cultivo a pleno sol ou com sombreamento máximo de 30%, e temperaturas entre 5 e 35 graus.

Floresce no verão e a floração dura em média 30 dias.

Seguem algumas fotos ilustrativas:

cyrtopodium-polyphyllum-1

cyrtopodium-polyphyllum-2

cyrtopodium-polyphyllum-3

cyrtopodium-polyphyllum-4

cyrtopodium-polyphyllum-6

cyrtopodium-polyphyllum-7

cyrtopodium-polyphyllum-8

cyrtopodium-polyphyllum-9

cyrtopodium-polyphyllum-11

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s