Chiloschista lunifera

Chiloschista é um pequeno gênero composto por apenas 20 espécies de origem asiática, todas de hábito epífita e crescimento monopodial.

O nome deste gênero deriva do grego: cheilos, que significa “lábio”, “labelo”, e schistόs, que significa “fissura”, “dividida”, em referência a um corte profundo que existe no labelo das flores destas plantas.

CURIOSIDADE:

A principal característica da orquídea Chiloschista, é o fato de estar quase o ano inteiro desprovidas de folhas. Suas raízes são ricas em clorofila, garantindo a troca de gases com o meio para a produção de energia. Assim, não necessitam das folhas para esta função. Isto não significa que a planta não tenha folhas. Se cultivada em local com luminosidade insuficiente, poderão surgir de uma a três pequenas folhas para auxiliar no processo da fotossíntese, que cairão depois de um ou dois meses. Para cultivo das plantas deste gênero é fundamental contar com boa luminosidade no ambiente.Resultado de imagem para gif animado atenção

Agora vamos ao estudo da planta do dia, a estupenda Chiloschista lunifera.

O nome desta espécie deriva do latim, e significa “em forma de lua”, em referência ao formato do calo existente na base do labelo.

Anteriormente foi classificada como Chiloschista indica; Sarcochilus luniferus e Thrixspermum luniferum.

É uma planta originária do Assam, Butão, Java, Nepal, Laos, Mianmar e Tailândia, que pode ser encontrada vegetando perto de rios ou lagos, em florestas decíduas e semi-decíduas, em altitudes que variam desde o nível do mar até 500 metros.

São plantas acostumadas a altas temperaturas e elevado nível de umidade da primavera ao outono, porém com inverno frio e seco.

Não tenho muito para falar da planta porque a mesma, quando não está florida, se resume a um emaranhado de raízes. Em todo caso, trata-se de uma planta de pequeno porte.  Possui um caule rudimentar e extremamente reduzido, normalmente desprovido de folhas. A inflorescência é racemosa. Uma longa haste de até 30cm de comprimento, suportando até 20 flores.

A Chiloschista lunifera é uma micro-orquídea. Pequenas flores de um centímetro de diâmetro e muito perfumadas. Pétalas e sépalas de cor marrom avermelhado, caprichosamente margeadas de branco. O labelo é trilobado e apresenta cor levemente amarelada e pintalgada de vermelho.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • Pelos fatos já expostos, esta orquídea não pode ser cultivada em vasos ou caixetas. Necessáriamente deve cultivada fixada em placas ou troncos de árvores. (Já vi orquidófilos utilizando pequenas placas de cortiço para esta finalidade).
  • Precisa de muita umidade, rápida drenagem e boa luminosidade. Sugiro sombreamento em torno de 50%. Diminuir a frequência de regas no inverno.
  • Não suporta baixas temperaturas. O ideal é cultivo entre 10 e 35 graus. Proteja a planta em dias de frio rigoroso. Uma geada pode matar sua Chiloschista.

Floresce no outono, e a floração dura em torno de 30 dias.

Seguem algumas fotos,

 

chiloschista-lunifera-1

chiloschista-lunifera-2

chiloschista-lunifera-3

chiloschista-lunifera-4

chiloschista-lunifera-5

chiloschista-lunifera-6

chiloschista-lunifera-7

chiloschista-lunifera-8

chiloschista-lunifera-9

chiloschista-lunifera-10

chiloschista-lunifera-11

chiloschista-lunifera-12

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Chiloschista lunifera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s