Notylia barkeri

O fator motivante desta aula foi um artigo que li recentemente falando de micro-orquídeas, que tinha uma referência a algumas plantas, entre as quais estava a Notylia barkeri, que segundo o autor não tinha atrativos comerciais nem ornamentais. Pois é… discordo plenamente. Acho esta planta lindíssima esteticamente falando, e em termos de dinheiro pode se dizer que vale pelo menos uns 30 Reais, preço que achei consultando um site de vendas pela internet.

Notylia é um gênero composto por 56 espécies de hábito epífita, originárias do México, América Central, norte da América do Sul e Brasil, onde podemos encontrar pelo menos a metade das espécies. Em nosso país as plantas deste gênero estão presentes em quase todos os estados.

O nome deste gênero, descritos por John Lindley em 1825, é uma referência ao calo que existe no estigma de suas flores.

Estas plantas podem ser encontradas em matas úmidas, vegetando em altitudes que variam desde o nível do mar até 1500 metros.

Agora vou falar da planta do dia a Notylia barkeri, planta de pequeno porte muito comum em terrenos pantanosos e em cafezais, localizados no México e América Central.

O nome desta espécie é uma homenagem a Mr. Barker, renomado orquidófilo inglês do século XIX.

Anteriormente esta planta foi classificada como Notylia albida; Notylia bernoullii; Notylia bipartita; Notylia brenesii; Notylia guatemalensis; Notylia multiflora e Notylia tamaulipensis.

Seus pseudobulbos são pequenos e rudimentares, cobertos parcialmente por uma bainha foliar, e suportam uma única folha grande e plana. Da base da planta nasce a inflorescência pendente, que pode chegar a 30cm de comprimento, com muitas flores dispostas em forma de espiral. Há registros de hastes com mais de 110 flores em uma única haste.

A Notylia barkeri tem minúsculas flores de aproximadamente 5mm de diâmetro, com sépalas de cor verde pálido, pétalas brancas pintalgadas de amarelo, e labelo branco. Entra na classificação de micro-orquídea.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • Sugiro o cultivo desta planta fixada em pequenos galhos ou cascas de árvores, com uma boa exposição de raízes. Vai muito bem em galhos de cafeeiros, laranjeiras, pitangueiras e goiabeiras.
  • Se sua opção for cultivo em vaso ou caixeta, então utilize um substrato confeccionado com partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal e esfagno.
  • Cuidado com água acumulada no fundo. O substrato deve ser arejado e drenar a água imediatamente.
  • Gosta de muita sombra. Sugiro cultivo com 70% de sombreamento, e temperaturas entre 10 e 35 graus.

Floresce normalmente no verão e sua floração dura em torno de 15 dias.

Seguem algumas fotos:

notylia-barkeri-1

notylia-barkeri-2

notylia-barkeri-4

notylia-barkeri-5

notylia-barkeri-6

notylia-barkeri-7

notylia-barkeri-8

notylia-barkeri-9

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Notylia barkeri

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s