Dendrobium farmeri

 

Aproveito o fato de vários colegas terem adquirido plantas desta espécie, em exposição realizada na semana passada em Curitiba, para dar algumas dicas de cultivo. Destaque para minha super amiga Lu, a fotógrafa do dia.

Dendrobium deriva da união de duas palavras gregas: dendron, que significa “árvore”, e bios, que significa “vida”; referindo-se à maneira como vivem a maioria das espécies deste gênero, ou seja, a sua natureza epífita.

Este gênero já foi um dos maiores da família Orchidaceae, com mais de 1200 variedades. Após várias divisões, restaram apenas 450 espécies.

A orquídea do dia é mais uma das tantas maravilhas das espécies deste gênero. O espetacular Dendrobium farmeri, originário da Índia, Bangladesh, Nepal, Tailândia, Laos, Malásia e Vietnã.

Pode ser encontrada em florestas primárias, vegetando de forma epífita em robustas árvores localizadas na beira de rios e lagoas, em altitudes que variam desde o nível do mar até 1000 metros.

Anteriormente foi classificada como Callista densiflora; Callista farmeri; Dendrobium densiflorum var. farmerii; Dendrobium farmeri var. albiflorum e Dendrobium farmeri var. aureoflavum.

Planta de grande porte e crescimento simpodial, com rizoma compacto e longos pseudobulbos em forma de cana, suportando folhas coriáceas e lanceoladas. As hastes florais, que podem chegar a 20cm de comprimento, são densamente floridas, podendo passar de 20 flores por cacho. Estas inflorescências são pendentes, volumosas e espetaculares.

Lindas Flores com diâmetro entre 3 e 5cm. Sépalas brancas, e pétalas da mesma cor mas com contorno franjeado. O labelo também é franjeado, e tem a predominância de uma cor que varia do amarelo ao alaranjado. Algumas flores possuem pétalas e sépalas de cor violeta suave.

Floresce na primavera e sua floração dura em torno de 20 dias.

Seguem algumas dicas para cultivo:

  • O Dendrobium farmeri pode ser cultivado em casca de árvore, vaso de plástico ou caixeta de madeira. Porém, pelo grande porte da planta, recomendo as duas últimas opções.
  • Neste caso, recomendo o uso de um substrato confeccionado com partes iguais de casca de pinus, carvão vegetal e esfagno.
  • Cuidado com água acumulada no fundo. O substrato deve ser arejado e drenar a água imediatamente.
  • Recomendo ainda cultivo com 40 a 50% de sombreamento.
  • Muito cuidado com a temperatura. Esta planta é de regiões de muito calor. O ideal é 15 a 40 graus.
  • Poucas flores e formação de keikis (mudas aéreas), são claros apelos da planta solicitando mais luminosidade. Atenda ao pedido da planta.
  • Ainda, como na maioria das plantas do gênero Dendrobium, é possível fazer a produção de mudas pelo processo de estaquia. Para tanto basta retirar bulbos velhos da planta e cortá-los entre os nós, em pequenos pedaços que, acomodados sobre uma “cama de esfagno”, rapidamente começarão a produzir novas plantas.

Seguem algumas fotos ilustrativas:

 

img-20161028-wa0020

 

img-20161028-wa0021

 

img-20161028-wa0030

Crédito fotográfico:  Lu

 

 

dendrobium-farmeri-1

 

dendrobium-farmeri-2

 

dendrobium-farmeri-3

 

dendrobium-farmeri-4

 

dendrobium-farmeri-5

 

dendrobium-farmeri-6

 

dendrobium-farmeri-7

 

dendrobium-farmeri-8

 

dendrobium-farmeri-9

 

dendrobium-farmeri-10

 

dendrobium-farmeri-11

 

dendrobium-farmeri-12

 

dendrobium-farmeri-13

 

dendrobium-farmeri-14

 

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

Anúncios

6 pensamentos sobre “Dendrobium farmeri

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s