Ascocentrum ampullaceum

 

Ascocentrum  é um pequeno gênero de plantas originárias da China, Índia, Nepal, Bangladesh, Tailândia, Laos, Vietnam e Filipinas. São todas plantas epífitas de crescimento monopodial,  e que apresentam flores com pequeno esporão, e cores fortes e vibrantes como vermelho, rosa, alaranjado, amarelo e branco.

O nome deste gênero deriva do grego: askos, que significa “odre“, referindo-se à forma de seu labelo.

Este gênero hibridiza facilmente com orquídeas do gênero Vanda, gerando as populares e encantadoras Ascocendas, muito difundidas e fáceis de cultivar. Recomendo para todos os admiradores e colecionadores de orquídeas.

Agora vou falar da planta do dia, o maravilhoso e encantador Ascocentrum ampullaceum, originário da China central, Bangladesh, Nepal, Tailândia, Laos e Vietnam, vegetando sempre em florestas subtropicais, perto de rios e lagos, em altitudes entre 300 e 1200 metros.

O nome desta espécie deriva do latim: ampulla, que significa “ampulheta”, em relação ao formato de suas flores. Juro que já olhei esta flor de todos os ângulos possíveis, e não achei nada que lembrasse nem de perto o formato de uma ampulheta. Em todo caso, este fato não altera a beleza da planta.

Anteriormente esta orquídea foi classificada como Aerides ampullaceum; Gastrochilus ampullaceus; Oeceoclades ampullacea; Saccolabium ampullaceum e Vanda ampullacea.

Trata-se de uma vandácea de pequeno porte. Caule curto e resistente, com grossas raízes emergentes de sua parte inferior, podendo emergir entre as folhas, que crescem de forma alternada. Magníficas e compactas inflorescências. Hastes curtas de aproximadamente 10cm de comprimento, com muitas flores.

Cada floração do Ascocentrum ampullaceum pode ter mais de uma haste simultaneamente. As flores tem em média 1,5cm de diâmetro. Um show de cores.

O crescimento desta planta é lento. Floresce na primavera e sua floração dura em torno de 30 dias.

Para seu cultivo recomendo um substrato composto de uma mistura de casca de pinus, com esfagno e carvão vegetal, em caixeta de madeira pequena e suspensa, com o máximo possível de raízes expostas.

Muito cuidado com a temperatura. É uma planta de regiões muito quentes. Sugiro cultivo com temperaturas acima de 15 graus, e com 50% de sombreamento.

A seguir mostro algumas fotos:

 

ascocentrum-ampullaceum-1

 

ascocentrum-ampullaceum-2

 

ascocentrum-ampullaceum-3

 

ascocentrum-ampullaceum-4

 

ascocentrum-ampullaceum-5

 

ascocentrum-ampullaceum-7

 

ascocentrum-ampullaceum-8

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

ascocentrum-ampullaceum-11

 

ascocentrum-ampullaceum-13

 

ascocentrum-ampullaceum-14

 

ascocentrum-ampullaceum-16

 

ascocentrum-ampullaceum-12

 

ascocentrum-ampullaceum-6

 

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

 

 

 

Anúncios

6 pensamentos sobre “Ascocentrum ampullaceum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s