Bulbophyllum fletcherianum

Ontem fui visitar uma exposição de orquídeas em Santa Felicidade, bairro de Curitiba. Um evento muito legal e com plantas maravilhosas. Um show de cores e formas. Admirei um estupendo Arpophyllum giganteum, paquerei uma Cattleya intermédia fantástica, pisquei para uma exuberante Renanthera coccinea, venerei uma touceira gigante de Dendrobium aggregatum, e cultuei muitas micro-orquídeas charmosas.

Nessa ocasião tive o prazer… isto é, o desprazer, de conhecer o famoso Bulbophyllum fletcherianum, planta que nunca tive e que há muito tempo queria conhecer.

Conheci e juro que não pretendo chegar perto nunca mais. Que cheiro fétido horrível. Um asqueroso odor a carniça em avançado estado de decomposição.

Este gênero de formatos exóticos, é famoso por seus perfumes desagradáveis. Já vi outras espécies com odor semelhante a urina, sangue, fezes e carniça. Mas, nada se compara ao Bulbophyllum fletcherianum. Que experiência repugnante.

E isto não é a toa. Foi a forma que esta planta encontrou para atrair polinizadores como moscas, varejeiras e besouros saprófagos. E caprichou.

E pensar que tem gente que gosta. As espécies bizarras que compõem este grande gênero tem sido o foco de orquidófilos há muito tempo.  Reconheço que tenho vários Bulbophyllum em minha pequena coleção, e todas estão no seleto rol das minhas plantas favoritas. Mas garanto que nenhuma delas tem cheiro ruim. Podem visitar meu orquidário sem medo.

O nome da espécie é uma homenagem ao Dr. Harold Roy Fletcher (1907-1978), estudioso britânico e destacado diretor do Jardim Botânico de Edimburgo. Pelo formato de suas folhas, é conhecida popularmente como “orquídea-língua”.

Esta planta é originária do sul da Nova Guiné,  onde habita em florestas úmidas localizadas entre 300 e 800 metros de altitude. Pode ser encontrada habitando de forma rupícola em rachaduras de rochas, de forma  epífita em árvores cobertas de musgo, ou de forma terrestre, em pisos ricos em material em decomposição.

Esta é uma das maiores orquídeas do mundo. Gordos pseudobulbos de cor verde avermelhado, suportando uma única folha que pode chegar a dois metros de comprimento.

As flores, que medem aproximadamente 2 x 11cm, são de cor púrpura e pintalgadas de branco. Na minha opinião não tem nada harmônico em suas brutas e confusas formas. Algumas pessoas afirmam que as flores tem formato de bico de tucano. Para mim são totalmente amorfas.

Anteriormente esta planta foi classificada como Cirrhopetalum fletcheranum e Cirrhopetalum fletcherianum.

Para os corajosos sugiro cultivo em vasos plásticos rasos ou caixetas, e um substrato composto por produtos de rápida decomposição, como casca de pinus, esfagno e turfa, adicionando ainda um pouco de carvão vegetal.

O Bulbophyllum fletcherianum não gosta de muita luminosidade. Recomendo cultivo em lugares com aproximadamente 70% de sombreamento, e temperaturas entre 15 e 40 graus.

Floresce normalmente na primavera e sua flor dura em torno de 10 dias

Seguem algumas fotos ilustrativas.

 

img_20160925_133915317

img_20160925_133919619

Crédito fotográfico: Juan Pablo Heller

 

bulbophyllum-fletcherianum-1

bulbophyllum-fletcherianum-3

bulbophyllum-fletcherianum-4

bulbophyllum-fletcherianum-5

bulbophyllum-fletcherianum-6

bulbophyllum-fletcherianum-7

bulbophyllum-fletcherianum-8

bulbophyllum-fletcherianum-10

bulbophyllum-fletcherianum-11

 

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Bulbophyllum fletcherianum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s