Renanthera coccinea

Aproveito que a minha planta está florida, para falar de mais um gênero fascinante… Renanthera.

Este  gênero é composto de aproximadamente 20 espécies, todas de crescimento monopodial e hábito epífita, rupícola ou terrestre. São encontradas desde a China até o norte da Oceania.

O nome deste gênero deriva do latim: renes, que significa “rim”, e anthera, que significa “antera”, referindo-se ao formato da antera das flores, que é similar à do rim.

Em geral as plantas deste gênero tem necessidade de grande luminosidade, podendo algumas espécies ser cultivadas até em pleno sol. Em determinadas regiões, são utilizadas como cerca viva (um espetáculo quando floridas).

Na aula de hoje vou falar de uma orquídea com exuberantes floradas, a Renanthera coccinea, conhecida popularmente por “Orquídea Coral”, ou “Renanthera Escarlate”.

O nome desta espécie, coccinea, deriva do latim e significa “vermelho vivo”, em referência óbvia a cor das flores.

Esta espécie é natural da Ásia, em países como Tailândia, Laos, Vietnã, Hong Kong, e China.

A Renanthera coccinea é uma das orquídeas que menos foi reclassificada ao longo do tempo. O nome atual é apenas a terceira variação. Antes foi classificada como Epidendrum renanthera e Gongora philippica.

Orquídea monopodial do mesmo grupo das Vandas e Phalaenopsis. Cresce como rupícola ou epífita, a pleno sol, em altitudes entre 100 e 1200 metros de florestas primárias (florestas antigas com pouca ou nenhuma perturbação direta ou indireta pelo ser humano).

É uma planta de grande porte, que se não for dividida pode passar facilmente de 10 metros de altura. Normalmente esta divisão é feita a cada 60cm, desde que ambas as partes tenham pelo menos duas raízes bem saudáveis.

Possui um caule único e ramificado, muito resistente e com folhas paralelas e alternadas.

É uma planta muito fácil de cultivar. Seguem algumas dicas:

  • A Renanthera coccinea precisa de muita luminosidade, perto de 100%. Sugiro cultivo a pleno sol.
  • Não suporta baixas temperaturas. O ideal é cultivo entre 10 e 35 graus.
  • Esta orquídea precisa de um tutor para fixação. Em lugares mais quentes, onde não seja necessária a movimentação da planta para proteção contra baixas temperaturas, podemos fixá-la em árvores (esta espécie gosta muito de coqueiros), ou “agarrada” em cerca aramada (alambrado), como se fosse uma trepadeira, e formando uma cerca viva.
  • Como moro em cidade com inverno rigoroso, cultivo minha Renanthera coccinea amarrada em um cabo de vassoura suspenso, sem nenhum substrato.

O lindo formato das folhas, e o charme das grossas e imponentes raízes, são um show a parte. Planta muito ornamental, mesmo quando não está florida.

Suas simpáticas flores vermelhas e pintalgadas de amarelo tem em média 3 x 5cm, com hastes florais de aproximadamente 10cm.

Floresce no início da primavera, e a floração abundante e encantadora dura em torno de 20 dias.

Esta, com certeza, é mais uma das plantas que considero indispensável em qualquer coleção.

Seguem algumas fotos,

 

img_20160925_155832550

img_20160925_155844096

Crédito fotográfico: Juan Pablo Heller

renanthera-coccinea-1

renanthera-coccinea-2

renanthera-coccinea-3

renanthera-coccinea-4

renanthera-coccinea-5

renanthera-coccinea-6

renanthera-coccinea-7

renanthera-coccinea-8

renanthera-coccinea-10

renanthera-coccinea-11

 

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Se você encontrar alguma foto de sua autoria neste blog, e desejar a remoção, por favor envie um e-mail para  que a mesma seja retirada imediatamente. Obrigado.

Anúncios

12 pensamentos sobre “Renanthera coccinea

  1. Adquiri uma muda e estou há dias procurando identifica-la,pois o vendedor me disse o nome de “Renantha”.
    Por fim encontrei no Pinterest uma foto que me trouxe até aqui!
    A minha está num vazo com terra e apoiada à uma tira de tronco,agora a minha dúvida,onde devo transplanta-la.
    Moro numa região de clima muito quente,poço oferecer quase todos os tipos de luminosidade,só não tenho árvores.
    Se puder me ajudar ficarei muito grata.

    Curtido por 1 pessoa

    • Bom dia Martha. Agradeço por tua participação. Você é muito bem vinda.
      Imagino que tua planta seja uma Renanthera coccinea, que é a mais comum de achar nos orquidários nacionais.
      Esta planta adora climas quentes e precisa de alta luminosidade e altas temperaturas. Vai se dar muito bem em tua região.
      Se você não tem árvores não tem problema. Basta tutorar a planta com um cabo de vassouro ou algum material similar. A Renanthera pode e gosta de ficar com suas grossas raízes expostas, recebendo nutrientes da natureza e fazendo fotossíntese.
      Outra opção é cultivar a planta “agarrada” em cerca aramada (alambrado), como se fosse uma trepadeira, e formando uma cerca viva.
      Como eu moro em cidade com inverno rigoroso, cultivo minha Renanthera coccinea amarrada em um cabo de vassoura suspenso, sem nenhum substrato. Assim, durante o período de inverno posso deixar a planta protegida dentro de casa e, na primavera e verão, deixo ela no jardim, a pleno sol, para ser brindado com sua espetacular florada vermelha.
      Última observação. Deixando a planta exposta a pleno sol, as folhas ficam amareladas, mas isto é importante e necessário para que a planta possa florescer.
      Boa sorte e, se precisar de mais alguma dica é só avisar. Abs

      Curtir

  2. Muito obrigada Pabloheller,vou seguir suas orientações.
    Pena não ser possível enviar fotos,pois tenho uma outra orquidea que gostaria de identificar,assim como desta Renanthera Coccinea que está com hastes.
    Abr

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s