Acianthera luteola

Acianthera é um grupo de orquídeas anteriormente subordinada ao gênero Pleurothallis.

As mais de 200 espécies deste gênero são originárias de todos os países da América Latina, com exceção do Chile. Orquídeas de hábito epífita, raramente rupícola, e crescimento simpodial, com plantas de diversos portes e flores quase sempre menores que 1cm, já sendo classificadas como micro-orquídeas.

Assim como as Pleurothallis, existem poucos estudos sobre as Aciantheras, por se tratar de flores pequenas e com baixo valor comercial. Poucos orquidófilos se dedicam ao cultivo das plantas deste gênero. Eu sou um deles. Adoro as micro-orquídeas e, se tivesse mais tempo, com certeza montaria uma estufa exclusivamente para o cultivo e estudo destas pequenas maravilhas da natureza.

A planta do dia é a Acianthera luteola, escolhida como forma de homenagear minha amiga Rosilene, que possui uma linda touceira desta planta.

O nome da espécie, luteola, tem origem no latim: luteolus, que significa “de cor amarela”, em uma evidente referência a cor das flores.

Esta planta é natural da Mata Atlântica das regiões sul e sudeste do Brasil, e pode ser encontrada próxima a rios e riachos, em altitudes entre 900 e 1400 metros.

Anteriormente esta orquídea já foi classificada como Humboldtia fragilis; Pleurothallis caespitosa; Pleurothallis caespitosa var. chrysantha; Pleurothallis caespitosa var. monantha; Pleurothallis fragilis; Pleurothallis subcordifolia; Specklinia luteola e Pleurothallis luteola.

Esta planta possui folhas que medem em média 4cm de comprimento por 2 de largura, e uma haste floral de pouco mais de 2cm contendo até sete flores que abrem em sucessão.

As flores tem entre 3 e 4mm de diâmetro e são de cor amarelas, com labelo pintalgado na cor púrpura.

Suportam variações grandes de temperaturas, estando acostumadas a mais de 35 graus no verão e temperaturas baixas no inverno.

Gostam de 60 a 70% de sombreamento, a floração dura perto de 30 dias, e possuem um período bastante amplo de floração, que pode ocorrer desde o fim do verão até o começo da primavera.

Eu sugiro cultivo para esta planta em uma placa de casca de árvore, ou pequenos troncos (galhos). Também podem ser cultivadas em vasos com substrato composto de casca de pinus, carvão vegetal e esfagno.

Seguem algumas fotos,

Acianthera luteola 1

Acianthera luteola 2

Acianthera luteola 3

Acianthera luteola 4

Acianthera luteola 5

Acianthera luteola 6

Acianthera luteola 7

Acianthera luteola 8

IMAGENS: fonte pesquisa GOOGLE

Anúncios

4 pensamentos sobre “Acianthera luteola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s