Rhynchostylis gigantea

Aproveitando a floração de uma planta da minha coleção, hoje vou falar da Rhynchostylis gigantea.

Rhynchostylis é um nome derivado do grego: rhynchos, que significa “chifre”, e stylis, que significa “estilete”. Em relação ao formato da cavidade estigmática que contém o viscídio, que parece um chifre ou bico.

As 4 espécies que compõem este gênero, possuem folhas espessas que suportam flores de incrível fragrância, alta densidade de flores nas hastes, e um colorido intenso e encantador.

Assim como as vandaceas, as Rhynchostylis também apresentam crescimento monopodial, e devem ser cultivadas em vasos suspensos, com pouco ou nenhum substrato, com as raízes expostas visando uma boa ventilação e viabilizando a realização de fotossíntese pelas mesmas.

Estas orquídeas são naturais da Ásia, e podem ser achadas do sudeste da Índia até as Filipinas.

A orquídea do dia, a Rhynchostylis gigantea é de uma beleza sem igual. Perfume sedutor e formas delicadas. Cores fortes e variadas.

É uma planta de hábito epífita, que floresce no inverno, sua flor tem em média 3,0cm de diâmetro, com hastes florais de até 30cm.

A floração chega a durar mais de um mês, gosta de 50% de sombreamento e não tolera temperaturas muito baixas. O ideal é cultivo entre 15 e 35 graus.

Seguem algumas fotos,

FOTOS: Juan Pablo Heller

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Anúncios

6 pensamentos sobre “Rhynchostylis gigantea

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s